02/08/2017 às 09h20min - Atualizada em 05/08/2017 às 11h22min

Medicina Nuclear: uma aliada na detecção precoce de doenças

Inaugurado há cinco anos, o serviço de Medicina Nuclear do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos realiza uma média de 300 exames mensais e é mais uma ferramenta no auxílio da detecção precoce de doenças. O setor recebeu investimento em tecnologia de ponta e treinamento de pessoal.
 
Segundo a médica Ivana Carneiro Feres, responsável pelo serviço no hospital, a Medicina Nuclear define-se como uma especialidade médica com finalidades diagnóstica e terapêutica. “Como método diagnóstico é capaz de estudar praticamente todos os sistemas do corpo humano, avaliando, através do emprego dos radioisótopos (elementos radioativos), a função dos órgãos e tecidos. É, portanto, um método funcional e um interessante diferencial em relação aos demais métodos radiológicos, cujo principal foco é a anatomia”, explica a especialista.

Os radioisótopos utilizados são em sua maioria de meia-vida curta (rápido decaimento radioativo) e de rápida eliminação pelo organismo, o que reduz a exposição dos pacientes à radiação. Quando empregados com finalidade diagnóstica, não interferem na função dos órgãos a serem estudados, o que permite que sejam administrados com segurança, sem maiores complicações ou efeitos colaterais.
 
A equipe do setor de medicina nuclear do hospital é formada por médicos nucleares, cardiologistas, biomédicos, físicos e enfermagem, todos com treinamento específico na área e monitoração de radioproteção.
 
Os exames disponíveis no Edmundo Vasconcelos incluem, principalmente, cintilografias do coração (perfusão miocárdica), osso, cérebro (SPECT cerebral), rins, tireoide, paratireoides, glândulas salivares, pulmões, pesquisa de refluxo gastroesofágico, pesquisa de corpo inteiro com Iodo, MIBI, MIBG, Gálio-67, além de outros mais específicos. Um dos mais requisitados é a cintilografia do miocárdio, que corresponde a quase 50% da demanda atual total.
 
Em relação às indicações de uso terapêutico, como no caso do tratamento de pacientes com doenças da tireoide, incluindo o câncer de tireoide, o serviço de Medicina Nuclear realiza a radioiodoterapia, com o emprego de atividades de até 50 mCi, sem necessidade de internação.
 
Serviço:
 
Serviço de Medicina Nuclear
Informações: (11)5080-4590
Funcionamento: de segunda a sexta-feira,
Horário: das 06h00 às 19h00
 
COMPLEXO HOSPITALAR EDMUNDO VASCONCELOS
Localizado ao lado do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, o Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos atua em mais de 50 especialidades e conta com cerca de 1.400 médicos. Realiza aproximadamente 12 mil procedimentos cirúrgicos, 13 mil internações, 230 mil consultas ambulatoriais, 145 mil atendimentos de Pronto-Socorro e 1,45 milhão de exames por ano. Dentre os selos e certificações obtidos pela instituição, destaca-se a Acreditação Hospitalar Nível 3 - Excelência em Gestão, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o Prêmio Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, conquistado pelo sexto ano consecutivo em 2016.
 
Rua Borges Lagoa, 1.450 - Vila Clementino, Zona Sul de São Paulo.
Tel. (11) 5080-4000
Site: www.hpev.com.br
Facebook: www.facebook.com/ComplexoHospitalarEV
Twitter: www.twitter.com/Hospital_EV
YouTube: www.youtube.com/user/HospitalEV
________________________________ 
Informações para a imprensa:
TREE COMUNICAÇÃO
(11) 3093-3604 / 3093-3636
Isabel Lopes – isabel.lopes@tree.inf.br
Rhayssa Nascimento – rhayssa.nascimento@tree.inf.br

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.