30/03/2017 às 20h41min - Atualizada em 30/03/2017 às 20h41min

Morte de macaco em Goiânia por febre amarela não apresenta risco à população, diz SMS

Diario de Goias

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia informa que os resultados dos testes realizados em um macaco Guariba que vivia no Zoológico da capital deram positivo para febre amarela. No entanto, de acordo com o órgão, não há motivo para pânico, já que duas doses da vacina contra a doença imunizam por toda vida.

O animal foi encontrado morto e encaminhado para análise. As amostras, coletadas pela Diretoria de Zoonoses de Goiânia, foram encaminhadas ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e ainda serão encaminhas para laboratórios de Brasília e São Paulo para novas análises.

Por meio de nota, a SMS informou que tem executado todas as medidas preventivas para proteger a população e minimizar o risco de transmissão da doença na Capital. “As ações são desenvolvidas antes mesmo do resultado do exame ser liberado pelo laboratório, como borrifação de inseticida, combate ao mosquito aedes aegypti (o mesmo que transmite dengue e e chikungunya) com agentes de combate de endemias e ampliação da cobertura vacinal em áreas prioritárias”, relata a nota.

Ainda segundo a SMS, não há qualquer evidência da circulação do vírus da febre amarela no município de Goiânia entre humanos. A febre amarela é transmitida apenas pela picada dos mosquitos, tanto nas pessoas como nos macacos.

O Zoológico orienta a população que reside em bairros próximos ao parque que se vacine. Para entrar no local, como medida preventiva, os visitantes devem apresentar o cartão de vacina com pelo menos um dose da imunização. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.