05/03/2019 às 12h28min - Atualizada em 05/03/2019 às 12h28min

Alta velocidade é a principal infração registrada pela PRF nas rodovias goianas

Mais Goiás
Reprodução

Alta velocidade é a principal infração registrada pela PRF nas rodovias goianas

Alta velocidade é a principal infração registrada pela PRF nas rodovias goianas


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Goiás alerta para casos de infração nas rodovias do estado. De acordo com a Corporação, o número parcial ainda não pode ser divulgado, mas há grande preocupação com a alta velocidade dos veículos. Até agora, foi observado um aumento de 30% nos casos registrados, em comparação ao feriado de carnaval de 2018.

“O que preocupa é porque o tempo está chuvoso”, afirma o inspetor Newton Morais. Neste ano foram registrados 3.600 casos de alta velocidade. Enquanto em 2018, no mesmo período, foram 2.800.

Por outro lado, a PRF comemora o menor índice de embriaguez ao volante. “O endurecimento da Lei Seca fez com que os condutores respeitassem mais a legislação e os números são bem menores”, diz o inspetor.No ano passado foram 51 flagrantes de motoristas alcoolizados. Neste ano, houve 30 casos.

A PRF alerta, também, sobre infrações como ultrapassagens perigosas, necessidade do uso de cinto de segurança e transporte de crianças sem cadeirinhas.

Cuidados para a viagem de volta

Com o fim do feriado na terça-feira (5), as estradas estarão novamente movimentadas. Para que a viagem de retorno seja feita em segurança, A PRF indica que os motoristas optem por viajar antes das 14 horas. “Quem pegar a estrada após esse horário terá que ter muita cautela e paciência”, explica Newton.

Além disso, o inspetor aconselha os motoristas a não dirigir em alta velocidade e não realizar ultrapassagens perigosas. “São esses cuidados que fazem a diferença para ter uma viagem tranquila”, finaliza.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.