28/06/2021 às 12h15min - Atualizada em 28/06/2021 às 12h15min

Corpo de Lázaro Barbosa é reconhecido pela esposa.

O corpo de Lázaro Barbosa, de 32 anos, foi reconhecido pela...

Dia Online
Reprodução


O corpo de Lázaro Barbosa, de 32 anos, foi reconhecido pela esposa, de 19 anos, na manhã desta segunda-feira (28/6), na unidade de saúde onde ele teve o óbito constatado pela equipe médica. Ela foi encaminhada para a delegacia onde prestou depoimento. Caso seja constatado algum envolvimento dela com a fuga de Lázaro, ela poderá ser indiciada.

O casal estava junto há cerca de quatro anos e tem uma filha de 2 anos. Em entrevistas, ela chegou a afirmar que Lázaro era um pai dedicado e pediu para que ele se entregasse à polícia, assim como pedido da mãe e da tia. Já o pai de Lázaro, já havia dito que estava com medo do filho. Lázaro e a esposa teriam se conhecido através de uma tia dele, que é amiga da família da jovem.

Ainda durante a manhã desta segunda-feira (28/6), o corpo de Lázaro Barbosa foi retirado pelo Instituto Médico Legal (IML) do Hospital Municipal Bom Jesus, em Águas Lindas de Goiás, e será encaminhado para fazer exames de corpo de delito em Goiânia. Posteriormente, será entregue à família.

Lázaro deu entrada na unidade de saúde após ser atingido diversas vezes após troca de tiros com as forças policiais. 

Em entrevista coletiva, o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, contou que na noite deste domingo (27) as forças policiais descobriram que Lázaro teria tentado entrar em contato com parentes em Águas Lindas, momento que apertaram o cerco na região. Ele, possivelmente, tentava fugir, pois estava com dinheiro e teria trocado de roupas recentemente.

Segundo o secretário, durante a abordagem nesta segunda-feira (28), o fugitivo teria atirado contra os policiais. “Na hora da abordagem ele descarregou a pistola em direção ao policiais, que tiveram que revidar”, disse.

Agora, a Polícia Civil de Goiás assume a investigação e busca outras pessoas envolvidas nos crimes e na fuga de Lázaro Barbosa. “Ainda temos algumas pessoas para investigar e prender”, concluiu.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.