MENU

18/05/2017 às 22h17min - Atualizada em 18/05/2017 às 22h17min

II FÓRUM DA JUVENTUDE DE CORUMBAÍBA

Realizado ontem 17/05 em Corumbaíba

- Corumbaíba Noticias / LUIZ
CREAS
Corumbaíba Notícias
      O II Fórum de Juventude de Corumbaíba Goiás foi realizado ontem, 17/05/2017.  O Fórum representa uma nova forma de articulação de organizações e jovens em torno da discussão do tema da juventude. O tema é relativamente novo na agenda pública brasileira, surgindo com força a partir dos anos 90. As organizações que trabalham com jovens também começam a dar seus primeiros passos na década de 90, quando aumenta significativamente o número de organizações não-governamentais no cenário nacional.
      O evento contou com a participação do Coordenador do CREAS Luiz André, representante das escolas estaduais Marta Gondim, a senhora Prof. Janâine Daniella Pimetel Lino Carneiro,  Secretaria Municipal de Educação Cultura e Desporto. Na oportunidade representando todos os Secretários Municipais e as Escolas Municipais, o senhor  José Camilo Machado  Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, a 1ª Dama Lara Rodrigues, Secretária Municipal de Assistência Social, Representante da meritíssima juíza Nunziata Setfânia e o  Excelentíssimo Senhor Wisner de Araújo, Prefeito de Corumbaíba. Na abertura do evento foi realizada a apresentação da Banda Marcial do Colégio Estadual Simon Bolívar com jovens estudantes da escola, em seguida durante  o evento houve várias apresentações como a equipe de  teatro  Cia. de Teatro Carlos Moreira de Goiânia, Grupo de Capoeira do SCFV, Grupo de Dança Fumaça de Caldas Novas entre outros artistas da cidade.
     O Fórum de Juventudes é tomado como uma situação-tipo weberiana capaz de apresentar um tipo modelar de organização de jovens que se articula em torno de projetos específicos desenvolvidos por ONGs. O Fórum de Juventudes é composto por organizações sociais que têm foco de ação específico ou secundário nos jovens. Agrega também organizações de defesa de direitos, não necessariamente referidos exclusivamente a jovens.
Para a coleta de dados foram realizadas entrevistas com jovens e com lideranças, entendidas como jovens ou adultos que representam institucionalmente as organizações que fazem parte do fórum. Cerca de 200 questionários contendo perguntas específicas e propostas de solução foram respondidas. Embora, tenha tido a participação de pessoas de, 20, 25 e 30 anos, a média dos entrevistados foi de 15 anos.
     A pesquisa trouxe dados bastante significativos. Mesmo quando as respostas pareciam descoordenadas consegue-se retirar delas subsídios interessantes para ações presentes e futuras, por fim contou com a realização do debate entres jovens e adultos e coordenador do CREAS e a secretária de Educação sobre vários temas e os dados coletados na pesquisa onde iram buscar um ponto comum para o futuro dos jovens na cidade.
        Os primeiros passos foram dados, agora é coletar os dados e iniciar as ações. Bom dizer, que essas ações se tornarão inócuas se não houver uma participação maciça da comunidade como um todo. Os poderes constituídos podem no máximo alavancar meios e recursos para os programas e projetos.  As experiências têm demonstrado que embora o jovem reivindique, reclame e até sugere, sua participação é ainda muito pequena.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.