17/07/2023 às 18h46min - Atualizada em 18/07/2023 às 00h00min

Acampamento para crianças e adolescentes reunirá 16 mil participantes em Lavras (MG)

Em meio às férias escolares, evento do Clube de Desbravadores reunirá pessoas de Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro em uma “cidade de barracas”

ASCOM USEB

Entre os dias 19 e 23 de julho, a cidade de Lavras, interior de Minas Gerais, receberá VII Campori de Desbravadores da União Sudeste Brasileira, promovido pelo Clube de Desbravadores. Trata-se de um mega acampamento para crianças e adolescentes — de 10 a 15 anos — que ficarão em barracas e participarão de atividades recreativas, culturais e sociais. Serão 16 mil participantes.

Uma “cidade” de barracas será erguida no campus I da Faculdade Adventista de Minas Gerais (FADMINAS), numa área de 30 hectares. A estrutura do evento conta com mais de 300 cozinhas, banheiros pavimentados, postos de saúde, centro médico, shopping, supermercado, museu, fazendinha, planetário, exposições de dinossauros, exposição de moedas e notas antigas e até mesmo uma ONG que recolhe meias para fazer cobertores em prol de famílias carentes.

Só para alimentar todos os participantes, em cinco dias de evento, serão preparadas mais de 200 toneladas de alimentos. Pelos cálculos dos responsáveis pelas cozinhas, serão aproximadamente 2 mil quilos de arroz, 1.200 quilos de feijão e 1.200 quilos de macarrão por refeição.

“O clube de Desbravadores está presente em várias partes do mundo pra ensinar valores, levar conhecimento e promover o bem para crianças e adolescente. O Campori é uma celebração dessas atividades que acontecem lá nos clubes, levando interação e troca de experiências. Queremos que eles se divirtam e aprendam muito”, explicou Gustavo Delgado, organizador do evento.

Social

A campanha “Meias do Bem” estará no evento recolhendo meias que os participantes não usam mais — sem par, furadas ou rasgadas, por exemplo. A campanha recebe as meias e encaminha para a empresa Puket, que transforma as meias em cobertores. A cada 40 pares é possível fazer uma coberta.

A ideia surgiu pela própria Puket, que reaproveitava retalhos das meias. Eles expandiram a ideia e têm vários pontos de coletas. Um deles é o Clube de Desbravadores Bom Pastor, que fica no sul de Minas e recebe doações de todo estado. 

O evento também focará em coleta de lixo responsável, trocando itens recicláveis por brindes. Além disso, um posto do hemocentro da cidade fará cadastro de doadores de medula, temática que será trabalhada para as crianças e adolescentes, bem como adultos que participarão do evento.

Saúde

Serão três postos de atendimento e um hospital de referência para consultas, exames e até pequenas cirurgias. Os postos vão funcionar como porta de entrada no ‘sistema’, lá serão resolvidos os casos de baixa complexidade. Já o hospital, atenderá casos de média e alta complexidade. No hospital haverá duas salas de observação com 25 leitos, salas de UTI e raio X, espaço para exames laboratoriais e de imagem, estoque de medicamentos, espaço de isolamento hospitalar e atendimento psicológico. Para os casos mais graves, o paciente será encaminhado à Unidade Pública de referência mais próxima do evento.

Ao todo serão cerca de 300 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros, técnicos, farmacêuticos e psicólogos, três ambulâncias e uma farmácia.

Diversão e Aprendizado

Uma das atrações do evento é um Planetário, que poderá receber visitas todos os dias, das 9h às 19h30, com horário especial no sábado. A ideia é fazer com que os visitantes entendam a dimensão de todo o Universo, a movimentação dos astros, as fases da Lua, a formação das estrelas, as formas celestiais e os relógios celestes.

No Campori, serão oferecidos tecnologia de realidade virtual, educação interativa e imersiva, aprendizado de astronomia e ciência de forma lúdica, programação adequada à idade, imagens do telescópio Hubble, aventuras no Sistema Solar, aulas sobre Estrelas, Formas Espaciais, Relógios Celestes, entre outros.

Os desbravadores ainda poderão participar de carrossel de atividades recreativas, visitar um espaço com dinossauros de até 10 metros, conhecer um museu com moedas e notas antigas de várias partes do mundo, entre outros. Cadastramento de Medula no Campori
No sábado (22) uma equipe de hemominas estará no Campori para realizar o cadastramento de doadores de medula. Serão 12 profissionais realizando os procedimentos de coleta para pessoas com idade entre 18 e 35 anos. Em caso de compatibilidade, o hemocentro mais perto entra em contato para dar continuidade aos procedimentos. As chances de compatibilidade são de 1 em 1 milhão, por isso a importância de testar voluntários.
A campanha de cadastramento de medula faz parte da mensagem do musical ELE VEM, que trabalhará a temática do câncer infanto-juvenil e como a doação de medula pode salvar vidas.

Sobre o Clube de Desbravadores

O Clube de Desbravadores é um projeto da Igreja Adventista do Sétimo Dia e nasceu em 1950.  Já são mais de 2 milhões de participantes pelo mundo. Apenas no Brasil são mais de 288 mil meninos e meninas, de 10 a 15 anos, participando de atividades sociais, culturais, recreativas, em meio à natureza, entre outras. Eles aprendem valores como respeito e cidadania.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Corumbaíba Notícias  Publicidade 1200x90
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.