13/07/2023 às 17h19min - Atualizada em 16/07/2023 às 00h00min

Instituto Esporte e Educação trabalha na formação para o atendimento a crianças e jovens neuroatípicos

IEE é pioneiro nessa ação e desenvolveu um Núcleo Temático, alinhado a um grupo de trabalho focado nesse tema, o NTTEA+ , assim como estudos e aplicação prática nas etapas da Caravana do Esporte e da Caravana das Artes, em parceria com o Instituto Mpumalanga

Doro Jr.
Inclusão. Essa palavra faz parte das ações do Instituto Esporte e Educação (IEE) desde a sua fundação em 2001, sempre atento e alinhado à consolidação das legislações de garantia de direitos de acesso. O Instituto buscou estruturar sua metodologia voltada para o esporte educacional em práticas que contemplassem na sua essência o Princípio da Inclusão. E, desde 2022, vem trabalhando na estruturação e formação para o atendimento a crianças e jovens neuroatípicos, sendo pioneiro nessa ação.

Com o retorno das atividades da Caravana do Esporte e da Caravana das Artes de maneira presencial, em 2022, os profissionais do IEE e do Instituto Mpumalanga - parceiro realizador da Caravana das Artes -, iniciaram, durante as etapas, um ciclo de estudos e de aplicação prática de atividades esportivas e artísticas para as crianças neuroatípicas, com evidência nas crianças e jovens com Transtorno do Espectro Autista – TEA.

"Foram muitos encontros da equipe com especialistas no tema, incluindo a participação de dezenas de profissionais atuantes nos diferentes contextos dos municípios atendidos. A cada etapa da Caravana, avançava-se, construindo novas práticas e estratégias dentro da metodologia do esporte educacional e da arte para atender com qualidade crianças neuroatípicas", explica Alexandre Arena, coordenador do IEE.

Em 2023, como resultado dos estudos, experimentação prática e avanços na busca de estratégias pedagógicas cada vez mais eficientes e inclusivas para o atendimento de crianças neuroatípicas, o IEE organizou um Núcleo Temático, alinhado a um grupo de trabalho focado nesse tema - NTTEA+ - e tem realizado ações de formação e supervisão da prática pedagógica em diferentes espaços do Instituto.

Em parceria com o Instituto Mpumalanga, passou a oferecer a professores, pais, mães e profissionais de apoio a crianças neuroatípicas das escolas um encontro de formação com teorias e práticas de esporte e arte inclusivos nas etapas da Caravana.

"A estruturação do trabalho a partir do Núcleo Temático - NTTEA+ - tem proporcionado a organização de diversas ações com foco no aprofundamento, desenvolvimento e compartilhamento de estratégias metodológicas que garantam não só a inclusão, mas aprendizagem e desenvolvimento de crianças neuroatípicas em atividades esportivas, artísticas e de movimento", afirma Arena.

As ações estão organizadas a partir dos seguintes eixos estruturantes: Comunicação (clara e assertiva), Cenário de Aprendizagem (ambiente seguro e estruturado) e Intervenção Pedagógica (que centraliza as ações práticas das aulas e suas variações).

"Os desafios da inclusão são desafios de todo dia. O número de crianças diagnosticadas ou com hipótese diagnóstica para transtornos do comportamento aumenta a cada dia nas escolas e espaços formais e não formais de educação. Cada pessoa é única, cada pessoa com autismo é única e aos profissionais da educação, do esporte, das artes, do movimento apresenta-se essa enorme oportunidade de ensinar e aprender", completa.

Sobre a Caravana do Esporte - A Caravana do Esporte é um projeto de educação que viaja o Brasil e leva aos municípios as metodologias da Pedagogia do Esporte Educacional para capacitação de educadores e gestores públicos. Desde 2005, foram mais de 160 municípios atendidos, com participação voluntária de atletas convidados. A partir de 2020, os projetos implantaram uma plataforma para formação de professores em formato EaD.

O Projeto Caravana é uma parceria entre UNICEF, Instituto Esporte & Educação e Instituto Mpumalanga, em prol de uma escola com mais esporte e arte. A Caravana do Esporte tem patrocínio das empresas MASTERCARD e VALE por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, Ministério do Esporte - Governo Federal.

Sobre o Instituto Esporte e Educação – Criado em 2001 pela medalhista olímpica Ana Moser, o Instituto Esporte e Educação (IEE) já atendeu a 7,4 milhões de crianças e jovens e capacitou mais de 61 mil professores e educadores em todo o Brasil. Sua metodologia está presente em 1.437 municípios brasileiros, com 9.964 núcleos e escolas atendidos.

A metodologia do IEE é baseada nos princípios do esporte educacional: inclusão de todos, construção coletiva, respeito à diversidade, educação integral, rumo à autonomia. Além das esportivas, as atividades realizadas são nas esferas da cultura, saúde, cidadania, protagonismo juvenil e ação comunitária.

Dentre os parceiros do IEE estão Itaú, Mastercard, VALE, Grupo CCR, Instituto CCR, Banco BV, Instituto Votorantim, Bayer, Achè, Novelis, Bank Of America, Mercado Livre, Grupo ULTRA, Verde Asset Management, CTG Brasil, Daiichi, Comgas, Westrock, Zurich, Pfizer, Polimix, DEXCO, Cogna, Liberty, Simpress, TRW, DOW, IAG PHARMA e KLEY HERTZ, Bermad, WALLERSTEIN, TrackAndField, AXA, APPMAX e Escola Mobile via Lei de Incentivo ao Esporte / Ministério do Esporte / Governo Federal, e ROCHE, Bloomberg e Nike.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Corumbaíba Notícias  Publicidade 1200x90
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.