12/07/2023 às 13h52min - Atualizada em 13/07/2023 às 00h00min

Da ascensão meteórica à queda abrupta: caso GR CanisMajoris e o alerta aos investidores

O caso GR CanisMajoris destaca a importância da regulação financeira e do papel fundamental da CVM

MP News
*Jorge Calazans

Com sua trajetória de ascensão social construída numa história inspiradora, de motoboy a investidor de sucesso e fundador do GR Bank, Mateus Davi surpreendeu o mercado financeiro. No entanto, sua empresa, a GR CanisMajoris, atualmente enfrenta sérias acusações de fraude financeira e que questionam a legitimidade do seu sucesso. O enredo cinematográfico é melhor compreendido quando se divide em dois importantes momentos: a expectativa e a realidade, que juntas fomentam um alerta essencial para todos que pensam em se tornar investidores.

O brilho da ascensão...

Nascido na zona Norte de São Paulo, Mateus Davi começou a carreira como entregador e trabalhou como assistente na Odebrecht. Após aperfeiçoar suas habilidades de investimento, Davi fundou o GR Bank. O banco digital prometia doar pelo menos 10% dos lucros para causas sociais, encontrando um equilíbrio aparente entre os bancos tradicionais, com altas taxas, e os bancos digitais, com descontos agressivos. Davi vivia uma vida de luxo que muitos associavam a um sinal de seu sucesso.

...e o choque da queda

No entanto, um período após ostentar riqueza e atrair milhares de investidores, a GR CanisMajoris tem enfrentado uma realidade completamente diferente. Agora, está sob intensa análise jurídica devido alegações de práticas comerciais prejudiciais e possivelmente ilegais, incluindo a suspeita de operar um esquema de pirâmide financeira. A empresa impôs alterações contratuais unilaterais que limitaram os resgates de investimento, cobraram taxas por esses resgates e até mesmo os suspenderam totalmente.

Esses problemas resultaram em uma série de ações legais, incluindo uma Ação Civil Pública promovida pelo Instituto de Proteção e Gestão do Empreendedorismo e das Relações de Consumo (IPGE), patrocinada pelo escritório Calazans e Vieira Dias. As medidas propostas visam proteger os investidores afetados, minimizando futuros danos financeiros.

A história que parecia de sucesso que parecia inspiradora transformou-se, então, em um caso de alerta para investidores. A saga de Davi e da GR CanisMajoris serve como um poderoso aviso para todas as pessoas que desejam investir e multiplicar seus recursos. Embora as histórias de sucesso rápido e as promessas de lucros generosos possam ser tentadoras, os investidores devem realizar diligência prévia abrangente antes de tomar uma decisão de onde aplicar seu capital.

O caso da GR CanisMajoris destaca também a importância das medidas regulatórias e jurídicas para proteger os investidores contra fraudes financeiras. À medida que a situação continua a se desenrolar, será crucial acompanhar como o sistema legal brasileiro lida com este exemplo de suposta fraude financeira.

No mundo dos investimentos, o velho ditado ainda se aplica: se algo parece bom demais para ser verdade, provavelmente é. A história da ascensão e queda da GR CanisMajoris deve servir como um lembrete para todos nós da importância da prudência e da diligência na gestão dos nossos investimentos.

Esse caso é mais um de tantos que são noticiados diariamente. Com ele, é importante reforçar a necessidade de se fazer um investimento seguro e informado. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão regulador do mercado de capitais no Brasil, tem como missão assegurar o funcionamento eficiente e regular os mercados, protegendo os investidores contra fraudes, manipulações e práticas ilícitas.

Os investidores devem sempre procurar informações sobre a empresa ou fundo no qual planejam investir. A CVM disponibiliza um sistema de consulta para verificar se uma empresa está devidamente registrada e autorizada a captar investimentos.

É essencial lembrar que promessas de lucros elevados e garantidos geralmente vêm com riscos igualmente altos. Portanto, um entendimento claro dos produtos financeiros, o perfil de risco e a diligência prévia são imprescindíveis antes de se fazer um investimento.

Mais além, o caso GR CanisMajoris destaca a importância da regulação financeira e do papel fundamental da CVM para manter a integridade do mercado financeiro. É uma lição para todos os investidores: devemos nos manter informados, atentos e cautelosos para garantir que nossos investimentos estejam seguros.

Portanto, antes de embarcar em qualquer aventura de investimento, faça a sua parte. Investigue, pergunte, estude. O mercado financeiro não é um jogo de azar, mas uma ciência baseada em informação, análise e tomada de decisão criteriosa. Como diz o ditado, "o conhecimento é poder", e esse poder é o seu melhor aliado no mundo dos investimentos.

Jorge Calazans é advogado criminalista, sócio do escritório Calazans e Vieira Dias, especialista na defesa de investidores vítimas de fraudes financeiras
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Corumbaíba Notícias  Publicidade 1200x90
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.