15/06/2022 às 11h33min - Atualizada em 16/06/2022 às 00h00min

Vivi Favery competirá a Race Across America pela equipe americana Team One Mile

SALA DA NOTÍCIA Caloi
https://caloi.com/
Nesse próximo sábado (18) começa a Race Across America (RAAM), uma das provas mais cascas grossas do ciclismo mundial. Centenas de atletas vão pedalar dos mais de 5 mil quilômetros sozinhos ou em equipes para cruzar os Estados Unidos. A prova começa na Califórnia, no Oceano Pacífico, e termina em Maryland, banhada pelo Oceano Atlântico.

Alguns brasileiros já fizeram história pedalando a Race Across America, como Daniela Genovezi. Bicampeã da prova, na segunda vez que venceu, em 2019, ela bateu o recorde em velocidade na categoria solo feminino 50-59 anos com o tempo de 10 dias, 17 horas e 59 minutos.

Na prova desse ano, uma nova brasileira vai encarar as estradas americanas: Viviane Favery. A bicampeã brasileira de mountain bike competirá a Race Across America pela Team One Mile, equipe que levanta a bandeira sobre o estresse pós-traumático vivenciado por veteranos de guerra e socorristas.

A Team One Mile, que é formada por membros do staff que possuem alguma conexão com o exército americano, busca pelo segundo ano consecutivo conquistar um local no pódio na categoria octeto misto. Apesar de ser uma corrida de estrada, Vivi, que tem suas raízes no MTB, está mais que preparada com a sua Cannondale SuperSixEvo.

“O objetivo da Team One Mile é gerar conhecimento e visibilidade para a questão da saúde mental, e o nosso poder de transformação é gigante quando focamos nos veteranos de guerra, pois eles são o maior símbolo de heroísmo que temos – e quando o exército começa a falar de saúde mental, é possível impactar toda uma população. O convite aconteceu por eles conhecerem minha experiência e resultados como atleta de endurance, sendo bicampeã nacional de Cross-Country Marathon da Brasil Ride na Elite Feminina, e de ter alcançado outros resultados importantes nos EUA, Canadá e Europa. Mas o que nos conectou de fato foi minha habilidade para falar de assuntos difíceis com certa leveza e naturalidade. Passei por algumas situações delicadas na vida, traumas, e alguns episódios de depressão. Tudo isso me fez buscar conhecimento e sei por experiência própria como é difícil se sentir só, quando ninguém ao seu redor está preparado para lidar com sua vulnerabilidade. Pode parecer clichê, mas todos nós precisamos de uma rede de apoio. Sinto necessidade de compartilhar o que vivi com mais pessoas para que os problemas emocionais e psicológicos deixem se ser um tabu na sociedade, principalmente entre atletas”, diz Vivi, que tem também uma grande relação com os Estados Unidos:

“Eu morei no Estados Unidos por 1 ano, no último ano do colegial, na cidade de Cheyenne (Wyoming), onde fica uma das maiores e mais importantes unidades da força aérea do País. Mais da metade da população de lá mora dentro da base militar e isso me colocou em contato direto com pessoas que servem o exército e veteranos de guerra.
Essa experiência marcou pra sempre a minha vida. Construí muita memória afetiva nesse período e pra mim os Estados Unidos é a minha segunda casa”, comenta Vivi, que hoje, aos 36 anos, mora em Quebec, no Canadá.

A Race Across America pode ser disputada de forma solo pelo atleta, assim como em equipes: dupla, quarteto ou octeto. A Team One Mile participará da disputa na categoria octeto e sua equipe foi dividida em duas, com quatro atletas em cada que se revezarão em turnos de 12 horas. Enquanto um time corre, o outro descansa, depois ocorre a troca. Desta forma, cada atleta correrá 15 minutos a cada hora, podendo dar tudo nesse período, descansando depois 45 minutos na van.

“Esse revezamento de 15 minutos exige que a equipe esteja em extrema sintonia para não perder tempo em cada transição. E por incrível que pareça, os treinos para o Mountain Bike Cross Country Olímpico, modalidade que eu mais de destaquei, caem como uma luva para esse tipo de esforço. Espero então uma prova dura, bem disputada, mas estou bem preparada para superar os desafios”, explica Vivi, que além de embaixadora da marca Cannondale, é apresentadora do Podcast MTB Pass, comentarista da Red Bull TV, Instrutora de Pilotagem de Mountain Bike e escritora.

O objetivo da Team One Mile na Race Across America é ganhar a prova para financiar novas campanhas ao longo do ano. Nesse ano, com a primeira campanha feita para divulgar a competição, foram levantados 35 mil dólares, verba que foi destinada para ONGs americanas que preparam cães de serviço que ajudam pessoas em vulnerabilidade emocional/psicológica.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.