03/06/2022 às 17h14min - Atualizada em 04/06/2022 às 00h00min

Filho de Robert Scheidt vence evento teste do Campeonato Mundial de Optimist, na Turquia

Erik conquistou o título em Bodrum, mesmo local onde o pai levantou o troféu de campeão do mundo na classe Laser pela sétima vez, em 2004

SALA DA NOTÍCIA Gustavo Coelho
Bodrum 2004. Robert Scheidt conquista o título mundial de Laser, o sétimo de sua carreira até então. Bodrum 2022. Erik Scheidt conquista do Optmist Training Regata, prévia do mundial da classe. No mesmo cenário, a Turquia, dezoito anos separam as vitórias de duas gerações do sobrenome lendário da vela. Pai e filho. Presente e futuro de esperança de medalhas para o Brasil. O velejador multicampeão de 49 anos encaminhando seu herdeiro, de 12 anos.

Robert estava na torcida e no apoio ao filho na competição que valeu como treino para o Campeonato Mundial de Optmist, entre final de junho e início de julho, novamente nas águas turcas de  Bodrum. "Foi um evento teste e o Erik velejou muito bem. Nem todo mundo que estará no Mundial competiu, então, o nível vai subir, mas o importante é que ele se divertiu, foi muito bem e está bastante animado. Foi uma semana bem especial para a família Scheidt", comentou o bicampeão olímpico, que é patrocinado pelo Banco do Brasil e Rolex, contando com o apoio do COB e CBVela.

Erik encerrou o campeonato com 20 pontos perdidos. Seus principais resultados foram duas vitórias, dois segundos e dois terceiros lugares. Assim com o pai, manteve a regularidade ao longo das nove provas da competição. O vice-campeonato ficou com Weka Bhanubandh, da Tailândia (31 pontos perdidos), seguido pelo norte-americano Gilman Hackel (51pp).
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.