07/01/2018 às 08h35min - Atualizada em 07/01/2018 às 08h35min

Explosão de banco em Silvânia termina com quatro mortos; três bandidos e um morador

emaisgoias
emaisgoias

Um assalto a uma agência bancária da Caixa Econômica Federal na cidade de Silvânia, a 83 quilômetros de Goiânia, terminou em morte na madrugada deste sábado (6).

Segundo informações preliminares da Polícia Militar (PM), oito homens chegaram na cidade fortemente armados abordo de um Toyota Corolla e uma Caminhonete WV Amarok. Antes de explodirem os caixas eletrônicos da agência, os bandidos fizeram reféns algumas pessoas que estavam em um bar no centro da cidade.

Antes de chegar na agência, os bandidos foram interceptados por equipes do Comando de Operações de Divisa (COD). Houve intensa troca de tiros entre os policiais e bandidos. Com reféns, os bandidos foram até a agência e conseguiram explodir os caixas eletrônicos. Após a explosão, os bandidos empreenderam fuga com um dos reféns e foram acompanhados por policiais do COD e da 47° CIPM.

Na tentativa de fugir dos policiais, os bandidos jogaram pregos, conhecidos como “miguelitos”, na estrada, para furar os pneus de carros da polícia, mas não funcionou. Os bandidos acabaram cercados no trevo da cidade. Um dos carros usados por eles foi abandonado as margens da rodovia. Os ocupantes fugiram para dentro de uma mata e estão sendo procurados pela policia. O refém foi resgatado com vida.

MORTE

O motorista de um GM Classic que passava pelo local recebeu ordem de parada dos bandidos, mas não obedeceu e o seu carro foi atingido por vários disparos de arma de fogo. O jovem Marcos Antônio de Souza, 21 anos, que conduzia o veículo acabou sendo baleado. Ele perdeu o controle do veículo e colidiu contra uma árvore no canteiro central da Avenida Mário Ferreira.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu o rapaz que foi encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital Nosso Senhor do Bonfim, mas ele não resistiu e morreu na unidade de saúde.
 

Segundo a PM, quando as equipes chegaram ao imóvel, os suspeitos tentaram fugir atirando, ocasião em que foram baleados e mortos. Até o fechamento dessa matéria, a polícia não havia informado quais as armas que teriam sido apreendidas com eles. Nenhum dos três suspeitos mortos ainda foi identificado.

Pelo armamento e forma como agiram em Silvânia, a PM suspeita que a quadrilha seja a mesma que explodiu, na madrugada do último dia 22 de dezembro, caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil do Setor Cidade Livre, em Aparecida de Goiânia. Naquela ocasião, um dos reféns teve que amputar uma das pernas após ser baleado pelos criminosos.

Subcomandante do COD, o major André Luiz Carvalho disse que os policiais continuam fazendo buscas pela região onde os criminosos abandonaram o carro. “São audaciosos, covardes e perigosos, tanto que atiraram nos reféns em Aparecida de Goiânia, e também aqui em Jussara, e agora nós só vamos sair daqui quando encontrarmos todos eles”, afirmou.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.