28/04/2022 às 12h43min - Atualizada em 29/04/2022 às 00h00min

Vivendo de apostas: profissional de Sergipe conta sua trajetória e revela dicas para lucrar

Em entrevista para o Odds Scanner, Sergio Freitas chegou a ser o criador de conteúdo sobre apostas no Brasil com o maior número de seguidores no mundo

SALA DA NOTÍCIA Marina Kaiser

Sergio Freitas é criador de conteúdo sobre apostas esportivas, apostador profissional e tipster. Natural de Aracaju, capital do Sergipe, ele entrou para o universo das apostas online em 2016, quando começou a produção de vídeos sobre o assunto. Pouco tempo depois, atingiu a marca de 100 mil inscritos em seu canal no YouTube. 

Eu cheguei a ser o maior criador de conteúdo sobre apostas no país. Eu não descansei até chegar nos 100 mil inscritos. Fui a primeira pessoa no mundo a conseguir essa marca falando sobre apostas esportivas”, revelou à equipe da Odds Scanner. Sergio perdeu o seu canal antigo no YouTube e, por isso, teve que reconquistar seguidores novamente do zero. Hoje, ele já conta com quase 40 mil inscritos na plataforma, e tem centenas de vídeos publicados.

Apostas esportivas como profissão e fonte de lucro

Especialista em handicap e linhas asiáticas, o nordestino de apenas 26 anos se tornou um dos maiores influenciadores de apostas esportivas no Brasil, e hoje trata as ligas brasileiras como a sua prioridade na hora de apostar.

Sergio vive das apostas esportivas há seis anos e faz questão de lembrar que existem vários caminhos dentro desse universo que também podem ser lucrativos, e que não são tão visados inicialmente pelas pessoas.

“É possível viver das apostas. Eu, por exemplo, vivo há seis anos disso. Mas como é possível? Sabendo que existem vários caminhos. (...) As pessoas têm que considerar, também, os caminhos de ser scout, de ser tipster, e até mesmo de criar um website sobre o assunto. As apostas nos proporcionam vários caminhos e, se você fizer três dessas atividades, ou até duas, você consegue viver das apostas”.

Inclusive, o aracajuano chegou a ser cambista de apostas em bancas físicas antes de entrar no universo online das apostas esportivas. Ele aproveitou que, por volta de 2016, o mercado começou a aquecer na região, e iniciou a criação de conteúdo sobre o tema.

Vendo que levava jeito para as apostas, decidiu que era hora de sair das bets recreativas e partir para as profissionais, já que era possível ser lucrativo com isso. Mas, como ele mesmo ressalta, foi preciso muita dedicação, humildade e muito estudo – o que ele enfatiza sempre para os seus seguidores.

Casas de apostas recreativas e profissionais

Para o apostador, entender as diferenças entre as casas de apostas recreativas e profissionais é de extrema importância para aquelas pessoas que querem começar a colocar mais dinheiro na banca para se tornar um apostador mais lucrativo.

“Os mercados secundários são mais focados em placar exato e desempenhos individuais de jogadores, por exemplo, e esses sites não permitem que o apostador seja lucrativo. Tem casas de apostas que, quando você começa a ganhar muito, você acaba sendo limitado. As casas de apostas profissionais não vão te oferecer esses mercados secundários, mas eles não vão limitar os seus ganhos”. 

Ele também ressalta que as casas recreativas não aceitam uma aposta com valor alto de dinheiro – mesmo se o apostador estiver com uma boa banca – por causa do limite baixo. “Para a galera que está iniciando agora, isso talvez nem importe muito. Mas vai chegar uma hora que, se o cara for crescer a banca, vai ter que partir para as casas profissionais”.

Sobre o futuro das apostas no Brasil, Sergio torce para que o processo de regulamentação venha logo e vê as possíveis mudanças com otimismo. “Estou esperançoso que a regulamentação venha e, quando vier, acho que vai melhorar o mercado e dar suporte aos apostadores”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.