28/11/2017 às 22h37min - Atualizada em 28/11/2017 às 22h37min

HPV é associada a vários tipos de câncer

O DIA
Foto Reprodução

Segundo o estudo divulgado pelo Ministério da Saúde, nesta segunda-feira (27/11), aponta que a população brasileira de 16 a 25 anos, possuem o vírus do HPV cerca de 54,6% de casos, sendo que 38,4% são de alto risco para o desenvolvimento de câncer.

O estudo foi realizado com 5.812 mulheres e 1.774 homens de 16 a 25 anos. O grupo passou por exames laboratoriais e entrevista.

O resultado laboratorial foi dado para 35,2% das amostras para o HPV – de onde se extraiu a informação de que 54,6% dos participantes têm a doença.

Mas os resultados divulgados até então são preliminares, pois há municípios que ainda não encerraram as coletas, essa porcentagem pode mudar até o fim do estudo.

O relatório final deve ser divulgado em março de 2018.

O governo federal ampliou o público-alvo para a vacinação contra a doença desde o mês junho deste ano. Meninos e meninas de 11 a 15 anos agora podem receber uma dose.

A infecção por HPV está associada a vários tipos de câncer como de colo de útero, pênis, vulva, canal anal e orofaringe.

A pesquisa é uma parceria com várias instituições: Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, Universidade de São Paulo, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês), secretarias municipais de saúde de todas as capitais do Brasil e Unidades Básicas de Saúde.

Entenda o que é HPV

A abreviação significa Vírus do Papiloma Humano.

Os HPVs são um grupo de mais de 100 vírus relacionados.

Para cada variedade de HPV de um grupo é atribuído um número, o qual é chamado de tipo de HPV.

O HPV é chamado de vírus de papiloma, porque alguns tipos de HPV causam verrugas ou papilomas, que são tumores não cancerosos.

Os vírus do papiloma são atraídos para as células epiteliais escamosas e podem viver somente nestas células do corpo.

As células epiteliais escamosas são finas e planas. Estas células encontram-se na superfície da pele e em superfícies úmidas, tais como a vagina, ânus, colo uterino, vulva, cabeça do pênis, boca, garganta, traqueia, brônquios e pulmões.

Os diferentes tipos de HPV não crescem em outras partes do corpo.

Das mais de 100 variedades conhecidas de HPV, cerca de 60 tipos causam verrugas na pele, como nos braços, tórax, mãos e pés. Estas são as verrugas comuns.

Os outros 40 tipos são das mucosas. O termo “mucosa” refere-se às membranas mucosas do corpo, ou às camadas úmidas que cobrem os órgãos e as cavidades do corpo que são expostas ao ambiente externo. Por exemplo, a vagina e o ânus têm um revestimento úmido na parte superior.

Os tipos de HPV da mucosa também são chamados de HPV tipo genital (ou ano genital), já que muitas vezes afeta a área genital e anal.

Os HPV das mucosas não crescem na pele.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.