22/11/2017 às 10h55min - Atualizada em 28/11/2017 às 21h49min

produtos de decoração natalinos impulsionam os negócios na venda direta

Uma das épocas mais esperadas pelo comércio está chegando, o Natal, quando há um alvoroço com pessoas indo às compras se inspirando nas lojas decoradas em busca de enfeites para deixar a casa mais aconchegante. Já faz parte da tradição montar a árvore, colocar pisca-pisca nas janelas e guirlandas nas portas para criar um clima todo especial.

E as perspectivas de boas vendas nas festas de fim de ano estão alimentando os sonhos dos varejistas, uma mostra de que o consumo das famílias está dando sinais de retomada.  Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), neste período de Natal as vendas devem se intensificar e alcançar um crescimento de 4,3%. O setor prevê que este Natal terá o melhor desempenho em quatro anos. O cenário mostra a desaceleração dos preços que favorece o poder de compra dos consumidores, os juros também caíram e os créditos estão mais baratos.

Outro fator que nutre as expectativas de um Natal mais favorável é a melhora do mercado de trabalho, após o índice de desemprego ter atingido 14% da população ativa do país, com boas possibilidades de efetivação dos temporários.

A perspectiva de maior movimento nas lojas terá peso fundamental para a geração de vagas temporárias no comércio, que devem crescer 9,6% em relação ao mesmo período do ano passado. Cerca de 73 mil pessoas devem ser contratadas para as festas de fim de ano. Somente os segmentos de vestuário e calçados deve responder por 66,9% destes postos de trabalho.

E a Golfran, empresa gaúcha, com mais de 30 anos no setor de vendas diretas, com os catálogos: Fianceé, Joias e Baby, sabe que este é o momento de alavancar as vendas, por ser uma das datas mais importantes do calendário, o Natal. “As pessoas querem presentear e oferecemos nos catálogos uma variedade de produtos de cama, mesa e banho, lingeries, calçados, decoração, utilidades domésticas, vestuário, artigos para bebês, joias e muito mais. Esses itens são as escolhas da maioria das pessoas, elas encontram de tudo o que procuram nos catálogos com mais de 7.000 itens”, afirma Kimberly Cavalli, Gerente de Marketing e Analista de Produto, da Golfran.

Mas não é só isso que vende como a data pede uma produção especial, os produtos decorativos são bem procurados, por exemplo, as toalhas de mesa com motivos natalinos, afinal são a peça chave para enfeitar o momento de confraternização com familiares e a amigos. “E a Golfran ciente do aumento de venda destes itens, investiu em peças diferenciadas para compor uma decoração de Natal para todos os gostos e bolsos”, afirma Kimberly Cavalli.

A Golfran apostou em vários formatos e padronagens para as toalhas de mesa e acessórios como jogos americanos e kits para a cozinha,  que prometem ter uma boa saída. A empresa dá dicas de novas composições com louças, cristais, velas e arranjos, pois acredita que as vendas podem aumentar em 30% nos meses de novembro e dezembro, devido aos produtos específicos para as festas de fim de ano.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.