28/02/2022 às 17h59min - Atualizada em 01/03/2022 às 00h00min

Dicas para quem quer empreender, com Leandro Castelo, CEO da 300 Franchising

“Rei do franchising” aponta que empresas enfrentam dias difíceis nos primeiros anos, mas que o empreendedor não deve desistir

SALA DA NOTÍCIA Marketing 300 Franchising
“Rei do franchising” aponta que empresas enfrentam dias difíceis nos primeiros anos, mas que o empreendedor não deve desistir. (Foto: divulgação)

Estar à frente do próprio negócio é o sonho de muitos brasileiros. Entretanto, uma parte considerável dos potenciais empreendedores não tira os projetos empresariais do papel. Mais do que a burocracia e os custos de operar uma empresa, o que inibe a maior parte das pessoas, de acordo com o empresário Leandro Castelo, é o medo.

Especialista em negócios, Castelo sabe muito bem o que é ascender economicamente por meio do empreendedorismo: ele e o irmão, Leonardo Castelo, fundaram a Ecoville. Atualmente, a rede de produtos de limpeza conta com mais de 300 lojas em todo o Brasil, mas, antes dos resultados, nem tudo foi fácil. “Cheguei a passar dois anos dormindo no chão do galpão”, revela o empresário.

Com o êxito do primeiro empreendimento, os irmãos investiram na 300 Franchising. A aceleradora de franquias conta com quase uma centena de marcas sob o seu guarda-chuva, com mais de 7 mil unidades de franquias negociadas.

“Vejo que muitas pessoas querem empreender, querem ter o próprio negócio, querem dar um salto na vida financeira, mas acabam não fazendo por medo”, afirma Leandro Castelo.

Na visão do “rei do franchising”, como também é conhecido, empreender ainda suscita muitos receios nas pessoas, que buscam primeiro garantias.

“Não há mais tempo para ter medo da liberdade financeira. A vida nos dá escolhas: você pode ficar onde está, estagnado na mesma condição que já conhece, ou colocar em prática o que sempre quis, arriscando-se a ter um projeto bem-sucedido”, ressalta ele.

Apesar disso, Castelo destaca que, principalmente nos primeiros anos do negócio, a vida do empreendedor é dura e exige muita dedicação.

“Diferentemente do que todos pensam, você passa a trabalhar mais do que quando era empregado. Além disso, é preciso entender que o resultado não vem a curto prazo. Leva tempo”, explica o especialista.

Ele também salienta que os novos empreendedores não podem ignorar as necessidades de capital de giro para manter os negócios em pé até que comecem a obter lucro. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.