30/01/2022 às 16h38min - Atualizada em 30/01/2022 às 16h38min

De olho na reeleição, Bolsonaro mais que triplica idas ao Nordeste

Apesar de ter diminuído agendas em 37% desde o início do mandato, presidente tenta aumentar popularidade na região em que é mais rejeitado

Metropole
Reprodução

 

Apesar de as agendas presidenciais terem diminuído 37% desde o início do mandato, como o Metrópoles mostrou na semana passada, as viagens nacionais do titular do Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro (PL), foram no sentido contrário durante a pandemia de coronavírus. Enquanto que em 2019 o chefe do Executivo teve 58 viagens pelo Brasil, em 2020 e 2021 foram registradas 62 e 79 agendas pelo país, respectivamente.

Além disso, segundo levantamento realizado com base na agenda presidencial, Bolsonaro mais que triplicou viagens aos estados do Nordeste. O movimento é visto como uma tentativa do mandatário de melhorar sua imagem na região que mais o rejeita, de acordo com as pesquisas. 

O Nordeste é a única região em que Bolsonaro foi derrotado por Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições de 2018. Na ocasião, o ex-capitão conquistou 30% dos votos, enquanto o petista teve 69%. 

O primeiro turno da eleição para presidente da República está marcado para 2 de outubro de 2022.

Com cenário ainda longe de ser definido, já se fala em pelo menos 11 pré-candidatos ao Palácio do Planalto. Alguns estão oficializados pelos partidos; outros, ainda não.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.