06/10/2021 às 13h42min - Atualizada em 06/10/2021 às 15h50min

Etiene Medeiros lança instituto para utilizar o esporte como ferramenta de transformação social

O Instituto Etiene Medeiros (IEM) visa trabalhar o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, com práticas educacionais e esportivas acessíveis e seguras. Lançamento ocorreu nesta quarta-feira (6) em coletiva on-line

SALA DA NOTÍCIA Gustavo Coelho
"Eu chamo o projeto de filho". É assim que a nadadora Etiene Medeiros, dona de nove medalhas em campeonatos mundiais, sendo quatro delas de ouro, e primeira mulher a conquistar uma medalha de ouro em provas individuais da natação em Jogos Pan-Americanos, se refere ao seu mais novo xodó. O Instituto Etiene Medeiros (IEM), com sede em Recife, acaba de ser lançado pela atleta pernambucana, com os patrocínios do BV, um dos maiores bancos privados do país, da loja Palma Máquinas e Ferramentas e da plataforma de eventos Even3, além do apoio do Governo de Pernambuco.

O propósito do Instituto Etiene Medeiros é usar o esporte como ferramenta de transformação social. Assim, vai  trabalhar o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, com práticas educacionais e esportivas acessíveis e seguras. Além do acompanhamento esportivo, com aulas de natação e outras atividades, o IEM estará voltado para o desenvolvimento educacional dos jovens, estreitando a relação com pais e professores. 

O projeto oferece, portanto, um acompanhamento multidisciplinar para garantir que a criançada transforme a visão de mundo, com a construção de valores como disciplina, respeito, ética e amor. “Gostaria de fazer um agradecimento inicial ao Fernando Vanzella, meu treinador há nove anos, por fazer parte da minha formação. Se sou o que sou hoje, muito disso é graças a ele. Quero agradecer ao BV por acreditar no nosso propósito, a Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco, a Palma Máquinas e Ferramentas, e também a Even3. Não vamos só levar conhecimento para essas crianças, como também aprender junto com elas", disse Etiene Medeiros na coletiva on-line realizada na manhã desta quarta-feira (6) e que marcou o lançamento do Instituto.

"Muitos perguntam o porquê de eu escolher Recife. Sou uma bela recifense, pernambucana raiz. E não me vi em outra situação a não ser levar esse Instituto para minha terra. Amo minha terra, amo meus valores. Tudo que eu conquistei e ouso conquistar, Recife sempre jogou muito junto. Meus familiares são de lá, meus valores como mulher, nadadora e guerreira, são de lá. Então coloquei o pé para ser em Recife e sabemos o quanto é um local forte, berço de atletas e cultural”, complementa a nadadora de 30 anos.

A missão do IEM é combater as desigualdades sociais, oferecendo oportunidade para todos, e utilizar a força de superação do esporte e transferi-la para outras perspectivas da vida. Vale destacar ainda que no Instituto Etiene Medeiros as meninas serão acolhidas e ganharão atenção especial. Afinal, as mulheres negras já foram vítimas do duplo preconceito de gênero e raça. Sendo assim, elas são referências de transformação para o Instituto.

"Visitamos piscinas e as comunidades do entorno, começamos com um grupo pequeno junto com o técnico Antônio Coutinho, em parceria com o Compaz Ariano Suassuna, para atividades pontuais, e o Clube Náutico Capibaribe, onde continuaremos utilizando o espaço. Devagarzinho fomos entendendo quais seriam as outras parcerias interessantes para crescer e começar nosso processo de captação, além de estruturar toda a base. Celebramos o lançamento, mas lembramos tudo que já foi feito até aqui", conta Mayara Araújo, gestora do Instituto.

"O objetivo é aumentar o impacto do que a gente está realizando. Em janeiro de 2022 queremos ter 100 alunos sendo atendidos no Parque Santos Dumont, em parceria com a Secretaria de Esportes de Pernambuco. E, além da parte esportiva, queremos oferecer o desenvolvimento integral dessas crianças. Tudo isso faz parte do nosso planejamento" complementa a gestora do IEM.

As atividades do Instituto Etiene Medeiros - Atualmente o IEM conta com dez profissionais de diversas áreas e desenvolve atividade de treinamento em natação para dez alunos, entre 7 e 17 anos. As atividades são realizadas de segundas às sextas-feiras, no período da tarde, no Clube Náutico Capibaribe, no bairro dos Aflitos. As aulas incluem preparação física e treinos dentro da piscina. 

Além de aulas de natação, o IEM firmou parceria com as escolas próximas ao Santos Dumont para acompanhar o desenvolvimento educacional da criançada. Além disso, a proposta é oferecer também acompanhamento psicossocial, nutricional e ações educativas a partir de metodologias ativas que estimulem a igualdade de gênero e o combate ao racismo, pautas que serão referências do trabalho do IEM.

Vídeo de lançamento do IEM - Para assistir o vídeo de lançamento do Instituto Etiene Medeiros, acesse: https://youtu.be/DdXCWNK7ZRg.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.