22/01/2021 às 12h12min - Atualizada em 22/01/2021 às 12h12min

Em entrevista a rádio de Goiânia, secretário de saúde de Caldas Novas confirma lotação máxima de UTIs

Diário de Goiás
Reprodução
Nesta sexta-feira (22), Caldas Novas amanheceu com leitos de UTI para Covid-19 lotados. A informação foi dada pelo secretário de Saúde do município, Angelo Paulo da Silva, em entrevista à Rádio Bandeirantes Goiânia.
A cidade das águas quentes havia registrado na última quarta-feira (20), um número recorde nos casos confirmados de covid-19. De acordo com Secretaria Municipal de Saúde, em apenas 24 horas, foram registrados 80 novos casos de contaminação pelo coronavírus. Ontem novo recorde: 82.
Para Ângelo a situação é preocupante, haja vista que a vizinha Catalão também registrou um número alto nos leitos de UTI esta semana e como estão na mesma regional, o risco de um colapso pode existir.
“Chegou a preocupar porque Catalão é nossa regional onde nós temos uma parceria muito importante e lá deu 100% de lotação nas UTIs, Caldas Novas também tá com 100% de lotação nas UTIs, não temos vaga nem em Goiânia e nem em nenhum lugar de regulação. Então é de se preocupar”, pontuou.
O secretário ponderou que os números são muito móveis e o cenário pode aumentar a todo o momento.
É necessário neste momento uma gestão de leitos que seja dinâmica para conseguir atender todo mundo.
“Até ontem estava tudo normal. Hoje amanhecemos com 100% de taxa de ocupação. Se precisar de mais leitos hoje para UTI nós temos que colocar na regulação e esperar uma vaga em outra unidade ou até mesmo na nossa. Porque, é muito sazonal, pode mudar. Hoje está com 100% mas 2 ou 3 pessoas podem receber alta e a gente vai diminuindo. Vamos administrando dessa maneira”

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.