MENU

29/05/2020 às 18h49min - Atualizada em 29/05/2020 às 18h49min

Operação prende três suspeitos de participação em desaparecimento de moradora de Caldas Novas

Hedson Arantes
Reprodução

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, selfie, telefone e close-up, texto que diz "LILIAN"

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, selfie, telefone e close-up, texto que diz "LILIAN"

A jovem Lilian de Oliveira moradora de Caldas Novas, está desaparecida desde o dia 13 de Fevereiro deste ano, quando desembarcou no Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, após chegar de um vôo da Colômbia.

Ela foi vista entrando em uma pick-up, que a aguardava na saída do terminal de passageiros.

Desde então, ela não fez nenhum contato e a família não tem nenhuma informação sobre seu paradeiro.

Ontem (28) três suspeitos de participação no sumiço de Lilian foram presos. O primeiro detido foi Ronaldo, que estava escondido em Buruticupu, no Maranhão. De acordo com fontes consultadas por este canal, Ronaldo é o motorista do carro que busca Lilian no Aeroporto.

Mais tarde outras duas pessoas foram presas em Pires do Rio. Juscelino e Cleonice. Uma das linhas de investigação aponta que Juscelino teve um relacionamento extraconjugal com Lilian, onde tiveram um filho. Ele teria contratado Ronaldo.

Já a participação de Cleonice ainda não está totalmente elucidada, porém ela no início das investigações dizia ser cunhada de Juscelino, o que foi desmentido posteriormente. Ela na verdade teria se oferecido à Lilian para cuidar da criança e intermediar a relação com Juscelino. Sempre que Lilian precisava, era Cleonice quem cuidava do filho.

A família de Lilian ainda acredita que ela possa estar viva, já que os três detidos ainda não falaram nada sobre seu paradeiro.

A Polícia Civil de Goiânia que investiga o caso ainda não se pronunciou sobre as prisões.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.