MENU

25/05/2020 às 08h55min - Atualizada em 25/05/2020 às 08h55min

Doença cardiovascular é a principal comorbidade de infectados pelo corona em Goiás

Pacientes com esse tipo de comorbidade são mais que o dobro do número de pacientes infectados que possuem doenças respiratórias.

Dia Online
Reprodução

Entre os pacientes com comorbidades infectados pela covid-19, doença causada pelo Sars-CoV-2 (coronavírus), em Goiás, aqueles com doenças cardiovasculares estão em maior número, segundo dados da plataforma COVID-19 do governo do Estado. Logo em seguida estão os pacientes com diabetes. Ambos os tipos de pacientes estão em maior número em relação aos pacientes com doenças respiratórias.

De acordo com os dados da plataforma, os casos confirmados de coronavírus em pacientes com comorbidades são, até o momento, 294; pacientes com diabetes são 180; pacientes com doenças respiratórias são 110 e pacientes com imunossupressão são 29.

Além de doença cardiovascular, maioria dos pacientes com coronavírus tem entre 30 e 39 anos

A maior parte dos infectados pelo novo coronavírus, causador da covid-19, em Goiás tem entre 30 e 39 anos de idade. É o que mostra a nova plataforma do governo estadual de divulgação de dados sobre o vírus, lançada recentemente pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO).

Conforme a plataforma COVID-19, o estado tem registrado até neste domingo (24/5) um total de 2.499 pacientes contaminados pelo  novo coronavírus. Desse número, 627 têm entre 30 e 39 anos; 565 têm entre 40 e 49 anos; 385 têm entre 20 a 29 anos; 388 entre 50 a 59 anos; 217 têm entre 60 e 69 anos e os demais variam entre idades de menos de 10 anos até 19 anos.

Os dados da plataforma mostraram também que a maior incidência de casos de covid-19 tem sido em mulheres. Dos infectados, 51,6% (1.289) são mulheres, e 48,4% (1.210) são homens.

O estado de Goiás possui, atualmente, 108 municípios com casos confirmados da doença; 108 com casos suspeitos e 30 municípios sem nenhum caso suspeito. Além disso, outros 116 casos suspeitos entraram na lista de investigação. Até sábado era 17.369 pessoas com suspeitas, mas aumentou para 17.485. Outros 7.585 já foram descartados. No Laboratório Estadual de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-GO) há 144 amostras em análise.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.