26/02/2020 às 10h10min - Atualizada em 26/02/2020 às 10h10min

Cantor sertanejo morre após ser arrastado por onda, no Rio de Janeiro

Glaucio Lopes estava na presença de um amigo, que também foi arrastado pela onda e ainda está desaparecido

Mais Goías
Reprodução
Glaucio Lopes estava na presença de um amigo, que também foi arrastado pela onda e ainda está desaparecido (Foto: Redes Sociais)

Glaucio Lopes estava na presença de um amigo, que também foi arrastado pela onda e ainda está desaparecido (Foto: Redes Sociais)

Na tarde da última segunda-feira (24), o cantor sertanejo Glaucio Lopes, 30 anos, morreu após ser arrastado por uma onda em uma praia de Paraty, no Rio de Janeiro. Glaucio estava com um amigo, que também foi arrastado pela onda e ainda está desaparecido.

A dupla passava o carnaval na Praia do Cepilho e estava em cima de uma pedra quando uma onda violenta os derrubaram. Conforme a assessoria de Glaucio Lopes, ele chegou a ser socorrido com vida, mas morreu minutos depois ainda na praia.

A Praia do Cepilho, fica na região de Trindade, Rio de Janeiro. É a primeira praia da localidade, a 24 km do centro de Paraty, muito procurada por surfistas. Eles estavam lá desde o último sábado (22), passando o carnaval.
 

O corpo de Glaucio foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), de Angra dos Reis. O amigo dele, identificado como Rafael, 31 anos, segue desaparecido. Mergulhadores do Corpo de Bombeiros fazem buscas no mar de Paraty.

Glaucio Lopes nasceu em Limeira e cantava sertanejo universitário. O cantor começou a carreira profissionalmente na banda Vertygem. Em carreira solo, chegou a dividir o palco com Gustavo Lima durante o evento Chapéu Brasil, em Sumaré, SP. Também cantou com Sandy, Henrique e Juliano, Marcos e Belutti e Daniel.

Em sua última publicação no Instagram, Glaucio escreveu “Como cortar pela raiz se já deu flor, como inventar um adeus se já é amor”.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.