29/01/2020 às 19h44min - Atualizada em 29/01/2020 às 19h44min

Catalão: Calamidade pública decretada, força tarefa para contenção de barragens e chuvas continuam

Força tarefa das equipes Comitê de Defesa Civil, tentam esvaziar a Represa da Represa do Haley - Complexo Clube do Povo para minimizar alerta de risco na extensão da Avenida Raulina Fonseca Paschoal - artéria central da cidade de Catalão Goiás

sdnews.com.br
Reprodução / sdnews.com.br


Na manhã desta quarta (29/1), em Catalão, após coletiva a imprensa do Coordenador da Defesa Civil e Secretário Municipal de Obras, Leonardo Martins de Castro Teixeira, relatou que a chuva fez com que três represas rompessem: Paquetá, na propriedade do Sr. Ilton e Sr. Acrísio, e assim todo o volume de água oriundo delas, deixaram as represas do Condomínio Campo Belo, da “Bica” e do Complexo Clube do Povo – conhecida como Represa do Haley sobrecarregadas, o que ocasionou os estragos ao longo da Av. Raulina Fonseca Paschoal. De acordo com a comissão técnica, a represa que está segurando o volume de água oriundo das represas rompidas, é a localizada no condomínio Campo Belo. Portanto, é um dos pontos que causam mais preocupação e está sendo monitorada.




 

Após percorrermos praticamente tantos outros pontos afim de identificar as áreas mais afetadas, a força tarefa decidiu por bem e pela segurança da população, decidimos interditar toda a extensão da Avenida Raulina Fonseca Paschoal (desde o complexo do Clube do Povo até a região nova da duplicação do Córrego Pirapitinga/próximo ao Posto do Manga). Desta forma, a travessia da região norte para a região sul da cidade, ou vice-versa, só poderá ser feita por três trechos específicos: Avenida Ricardo Paranhos, Avenida Margon ou pela BR-050. Outra medida emergencial do grupo de ações dessa força tarefa foi o pedido de evacuação de pessoas das residências, comércios e escolas na mesma área, ou seja, o trânsito nas proximidades também de toda extensão da Avenida Raulina está impedido.

 

De acordo com os números divulgados choveu em Catalão, só esta noite, 150 milímetros. O último registro de maior volume a - 130 milímetros de chuva – foi em 1972. Em virtude disso, por todos os lados da cidade é possível perceber os estragos deixados pela reação da natureza. Com a situação, a Prefeitura decretou situação de emergência no município. Um comitê de ações foi criado unindo Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Secretarias de Obras, Infraestrutura e Transporte, Meio Ambiente, Administração, Comunicação e SMTC (Superintendência Municipal de Trânsito). Todos estão numa força tarefa desde a madrugada trabalhando para minimizar os estragos e prevenir mais danos.


 

Medidas preventivas sendo realizadas nas barragens da Bica e do Condomínio Campo Belo

A represa do Condomínio Campo Belo, durante a manhã e tarde desta quarta está recebendo o reforço de dezenas de caminhões de pedras e serviços emergenciais por parte da Prefeitura e da administração do Condomínio Residencial, para a contenção da mesma, como ação preventiva contra o rompimento da referida. A Represa da Bica aos fundo da Faculdade Una esta em observação, sem risco de arrombamento. Já a do Complexo Clube do Povo está sendo realizada força tarefa do Comitê de Defesa Civil para o esvaziamento de água da referida para dar segurança e tranquilidade mobilidade a população, as áreas de risco.

Alerta Meteorológico

 
 

E de acordo com informações encaminhadas a redação do Portal Sdnews, do Professor Rafael Avila Rodrigues do Laboratório de Climatologia UFG/ UFCAT as chuvas continuam em todas as regiões do Estado de Goiás, principalmente em Catalão, aonde podem ser mais intensas e vir acompanhadas de ventos de intensidade de moderado forte e com raios.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.