MENU

19/12/2019 às 16h49min - Atualizada em 19/12/2019 às 16h49min

Defesa de João de Deus vai recorrer à sentença de 19 anos

O advogado de  João Teixeira de Faria, o João de Deus, Anderson Van Gualberto, afirmou que vai recorrer à sentença de 19 anos em regime fechado. O médium

emaisgoias.com
Resultado de imagem para foto joão de deus

Resultado de imagem para foto joão de deus


O advogado de João Teixeira de Faria, o João de Deus, Anderson Van Gualberto, afirmou que vai recorrer à sentença de 19 anos em regime fechado. O médium foi condenado pelo Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) na tarde desta quinta-feira (19). A decisão é juíza Rosângela Rodrigues, da comarca de Abadiânia. Anderson concedeu entrevista à imprensa no Fórum de Abadiânia, após a leitura da sentença pela magistrada. Ele explicou que quanto aos julgamentos dos outros crimes, é impossível prever prazo. Mas eles devem ocorrer quando o fórum voltar do recesso, em fevereiro do ano que vem. Ao todo, são 11 denúncias que foram oferecidas pelo Ministério Público. Sendo assim, ainda restam 10 a serem julgadas. A condenação é relativa a quatro casos de violação sexual. Todos eles aconteceram a partir do ano de 2009. De acordo com Rosângela, dois casos são de violação mediante fraude e os outros dois por estupro de vulnerável. Rosângela não passou detalhes sobre os casos que levaram à condenação, apenas disse que são recentes. As identidades das vítimas também foram preservadas para que seja garantida a segurança delas.

“A princípio deverá ser cumprida regime fechado”, afirma a juíza sobre a sentença. Segundo ela, nesta quinta-feira também foi indeferido um pedido de liberdade provisória. Ela explica que há dois Habeas Corpus em aberto que estão em instâncias superiores. Um no Supremo Tribunal de Justiça (STJ) e o outro no Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO).

Sobre o cumprimento de prisão no Complexo de Prisão Provisória (CPP), em Aparecida de Goiânia, a juíza diz que o médium está no local pelo fato do complexo ser de segurança máxima. “Mas agora que há uma sentença, ele pode ser transferido para qualquer lugar”, pontua Rosângela.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.