16/01/2024 às 18h57min - Atualizada em 17/01/2024 às 00h00min

O que Nike e a Microsoft têm em comum na estratégia para engajar clientes?

*Por Nara Iachan, fundadora e CMO da Cuponeria

Agatha Valentin
Divulgação_ Cuponeria

Nos últimos anos, a gamificação, estratégia que usa aplicação de elementos característicos de jogos em outros contexto, emergiu como uma estratégia inovadora para impulsionar o engajamento, a motivação e a aprendizagem no cenário corporativo. Ela envolve a incorporação de mecânicas, como recompensas, competição, cooperação e desafios, em atividades do cotidiano.

 

Empresas em diversos setores têm adotado essa abordagem criativa para envolver colaboradores, clientes e parceiros de negócios de maneira única e eficaz. Para exemplificar como essa estratégia é eficaz, trago aqui alguns casos de sucesso em gamificação corporativa, revelando como essa ela tem transformado as dinâmicas internas e externas de grandes organizações.

 

1) Duolingo: Aprendizado de Idiomas Divertido e Eficaz

 

Agora no setor educacional, a Duolingo, plataforma de aprendizado de idiomas, incorpora elementos de gamificação para manter os usuários engajados. Conforme os usuários avançam em níveis, ganham pontos e conquistam insígnias, criando uma sensação de progresso e conquista. O uso de desafios diários e recompensas tangíveis, como vidas extras, motiva os clientes a se dedicarem diariamente. Esse exemplo destaca como a gamificação pode ser aplicada para tornar a aprendizagem uma experiência divertida e eficaz.

 

2) Microsoft: Xbox Live e Pontos de Conquista

 

A Microsoft revolucionou o setor de jogos ao introduzir a plataforma Xbox Live e seus Pontos de Conquista. Os jogadores ganham pontos ao atingir objetivos específicos nos jogos, criando uma atmosfera de competição saudável e motivação contínua. Além disso, os Pontos de Conquista podem ser exibidos no perfil do jogador, promovendo um senso de orgulho e status entre a comunidade de jogadores. A forma como a Microsoft aplicou a gamificação, ilustra como a estratégia pode ser uma poderosa ferramenta para criar uma comunidade ativa.

 

3)  Nike+: Motivação para a Atividade Física

 

O aplicativo Nike+ utiliza a gamificação para motivar as pessoas a se manterem ativas e saudáveis. Os usuários podem definir metas de atividade, como corridas ou caminhadas, e ganhar recompensas virtuais à medida que atingem essas metas. O aplicativo também permite que os usuários se conectem com amigos, compartilhem suas realizações e participem de desafios, criando uma sensação de competição amigável e construção de comunidade. O sucesso do Nike+ demonstra como o marketing de incentivo pode ser uma ferramenta poderosa para influenciar comportamentos positivos.

 

4) Deloitte: Treinamento e Desenvolvimento Gamificados

 

A Deloitte adotou a gamificação para aprimorar seu programa de treinamento e desenvolvimento. Através de jogos interativos e simulações, os funcionários são desafiados a tomar decisões complexas e aprimorar suas habilidades profissionais. O uso de rankings, recompensas e competições internas motiva os funcionários a se envolverem no treinamento e aplicarem o que aprenderam em suas funções diárias. Esse exemplo destaca como a ferramenta pode ser usada para tornar o treinamento mais envolvente, eficaz e relevante.



 

*Nara Iachan (Forbes Under 30) é cofundadora e CMO da Cuponeria, startup investida pelo Google, Bradesco e ACE, e que ajuda empresas a  fidelizar clientes. Nara Iachan é formada em Economia pela UFRJ, possui MBA em Gestão e Desenvolvimento Empresarial, também pela UFRJ, e mestrado em Inovação pela FEI. Apaixonada por empreendedorismo, marketing e inovação,  a CMO valoriza a sensação de fazer a diferença na vida das pessoas e no mercado.


 

Este conteúdo foi distribuído pela plataforma SALA DA NOTÍCIA e elaborado/criado pelo Assessor(a):
U | U
U


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Corumbaíba Notícias  Publicidade 1200x90
Contato pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco.